sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

The Hurt Locker (Guerra ao Terror)


O filme concorre a seis Oscars (melhor filme, direção, roteiro, ator, trilha sonora e fotografia), que foi o motivo de eu ter me interessado por ele. Decidi que vou (tentar) assistir todos os indicados antes da cerimônia. Apesar de estar nos cinemas brasileiros só agora, o filme foi para as locadoras e venda direta de DVDs no primeiro semestre de 2009, sem nenhuma divulgação.
O roteiro acompanha o trabalho de um esquadrão de desarmamento de bombas na guerra do Iraque. A sequência inicial é brilhante, tensa, te prende sem dó nem piedade, e anuncia o que se segue. Com o ponto principal sendo o sargento William James, temos um belo trabalho de Jeremy Renner, interpretando o sargento multifacetado: ele é quem mais ajuda os companheiros, mas ao mesmo tempo sua fome de adrenalina coloca em risco a segurança dos que trabalham ao seu lado.
Me impressiona que eu nunca tenha ouvido falar de Kathryn Bigelow antes. Ela é genial, sem dúvida. Utiliza bem a câmera lenta e o estilo semi-documental, perseguindo os personagens com a câmera como se fosse um dos integrantes daquela pequena equipe. A cena em que o grupo tem uma confronto com iraquianos no deserto chama atenção pela habilidade que Bigelow tem de transmitir emoções para a tela, a fatiga e o cansaço dos soldados é palpável onde a espera prolongada é a estratégia básica. Também gostei do som da respiração do soldado enquanto ele está dentro da roupa de proteção, parece que nós também estámos lá dentro.


Do ponto mais delicado, que é o "relato" da guerra, eu não tenho muito o que falar. Nunca estive presente, então não tenho muito conhecimento. Mas é visível a posição anti-bélica dos realizadores do filme, mesmo sendo um filme norte-americano, seus soldados não são elevados a posição de heróis. Suas qualidades são mostradas, assim como a sua hostilidade (algumas vezes) com os iraquianos, fruto da forte tensão e medo em que vivem.
Fica claro no final que na guerra não existem vencedores, os dois lados perdem.
Trailer do filme.

Nenhum comentário: