terça-feira, 5 de abril de 2011

Quanto à desejo, não há paz.

As pessoas querem ganhar dinheiro, querem uma casa, querem um emprego. Alguns querem um estágio, um aumento de salário. Às vezes querem um carro mais novo, trocar o celular ou mudar de curso. Querem um novo livro favorito, um DVD novo ou uma fuga da rotina. Algumas pessoas querem trocar de roupa, de nariz ou nascer de novo. Há quem queira mudar de casa, de bairro ou de país. Tem gente que quer largar o vício ou começá-lo. Outros querem a vitória do time do coração, a cura ou a morte. Tem gente que sonha com uma escova de dentes nova ou com encontrar seus ídolos. Há pessoas no calor querendo um copo de Coca-cola gelada, um assento em um onibus lotado ou a paz mundial. As pessoas querem um corpo em forma ou peitos maiores. A fama é desejo de consumo de muita gente. Alguns fariam qualquer coisa por aquele par de Oxfords de salto que eu vi na loja uns dias atrás. Alguns desejam um anel de diamantes ou um colar de esmeraldas, além de um animal de estimação ou uma xícara de café. Podem também querer uma boa noite de sono, o adiamento da semana de provas, chegar logo em casa ou um amável “bom dia”. Uns querem que o ônibus chegue logo na parada ou demore mais um pouco. Eu só quero um amor. Daqueles de andar por aí de mãos dadas que todo mundo tem, sabe? Sabe, sabe sim. Eu é que não sei.

Nenhum comentário: