segunda-feira, 18 de maio de 2015

Dizer é fácil demais

Não adianta dizer que essa é só a primeira de muitas viagens que faremos juntos.
Não adianta dizer que a gente ainda vai transar na praia.
Não adianta dizer que eu sou uma pessoa massa.
Não adianta dizer que você vai me ver jogar.
Não adianta dizer que você vai me ver tocar.
Não adianta dizer com a maior certeza do mundo que a gente vai namorar.
Não adianta dizer que vai vir de João Pessoa para me ver.
Não adianta dizer que dessa vez você vai fazer diferente.
Não adianta dizer que quando você voltar a gente vai pegar um pernoite e dar mais de uma.
Não adianta dizer que a gente vai passear naquela livraria linda.

Não adianta dizer quando ação não se vê; quando nada se concretiza. Quando o que sai da tua boca é abstrato e continua sendo. Tudo isso é só brisa passageira. Palavras são vento, cara.

Nenhum comentário: