terça-feira, 19 de março de 2013

Lisa e Monsieur Tempo


Lisa  achava que suas amigas estavam crescendo rápido demais. Enquanto ela continuava desejando e gostando das mesmas coisas, as outras passaram a se importar mais com coisas diferentes, coisas de adulto. E ela não havia percebido isso até agora.

Rita, Cláudia e Aurélia se preocupavam tanto e tão intensamente, que Lisa se perguntava se não era ela a errada por não levar tudo tão à sério. Era um corre-corre, um "não posso agora" insistente. Lisa se perdia. Não conseguia mais o contato, outrora tão fácil. 

Até mesmo as conversas eram difíceis na vida de Lisa. Ela lembrava com inveja do seu eu de tempos atrás, que ficava leve de risadas com as amigas não-adultas, quando trocavam bobagens sem sentido depois da aula. Agora todas têm trabalho, todas têm aulas extras, todas têm cansaço, todas querem ir pra casa.

Nada de lamches divididos, nada de tempos tranquilos, nada de cabanas feitas com lençóis.

Lisa entendeu que o Monsieur Tempo é bem mais forte que ela e pode levar quem quiser com ele. Monsieur Tempo já tem suas amigas bem comportadas debaixo de suas asas. Lisa se deu conta de que a única coisa que Monsieur Tempo não pode levar embora é ela própria.

Nenhum comentário: